7 formas de preparar um café delicioso!

Conteúdo patrocinado por Carrefour

Quem curte tomar café sabe muito bem que o tipo de preparo influencia muito no sabor e no corpo final da bebida. Turco, prensa francesa, espresso... Você pode fazer diversos tipos de cafés gourmet na sua casa e obter resultados diferentes usando o mesmo pó, que, inclusive, é fator importante para um bom resultado final.

Antes de experimentar os tipos de preparo que listaremos aqui, você deve escolher um pó de qualidade e que vá de acordo com o seu gosto pessoal. Veja no mercado a seleção de cafés, escolha sua marca, sabor e intensidade favoritas e teste usá-los para ver qual combina melhor com seu paladar.

O café pode ser obtido por filtragem, percolação, prensagem ou pressão, sendo que cada um destes produz tipos de bebidas distintas. Veja abaixo alguns tipos de preparo de café:

1. Café de coador caseiro ou cafeteira elétrica

Esse é o tipo de preparo de café mais comum no dia a dia. Para fazê-lo, basta colocar o pó de café no coador, que pode ser de papel ou de pano, despejar água aquecida não fervente por cima dele e esperar até que a bebida seja coada completamente. Você também pode misturar o pó de café com a água e depois coá-lo.

Na opção elétrica, o equipamento faz o trabalho de aquecer a água por você, mas o processo é o mesmo.

2. Café turco

Coloque em um Ibrik, que é um recipiente de latão ou cobre com cabo comprido, os ingredientes do café na seguinte ordem: café moído, açúcar e água. Leve-o ao fogo até que o café seja fervido e depois sirva-o, mas lembre-se de não mexer o café para que o pó que se acumulou no fundo da xícara não deixe a bebida com textura estranha.

3. Café em prensa francesa

Enquanto as outras técnicas tendem a atenuar o sabor do café, essa extrai todo o sabor do pó. Aqueça a cafeteira e coloque o pó de café misturado com água quente não fervente dentro. Introduza um filtro no recipiente e pressione o êmbolo para baixo para que as borras sejam separadas do líquido e sirva.

4. Café italiano

O café italiano usa a percolação para obter a bebida. Para fazê-lo, a água é depositada no centro de um equipamento moka que, posicionado na chama do fogão, faz a água, que está na parte inferior, entrar em ebulição e pressionar o café líquido para o topo do recipiente. Neste momento, se forma uma leve camada de creme marrom.

5. Café espresso

Neste preparo, o café é moído na hora e acondicionado em um filtro que sofre uma pressão de água a 90ºC e 9 Kg de pressão durante 30 segundos em média, gerando uma bebida cremosa e aromática. Criado pelos franceses, o café espresso é considerado o método mais apropriado para apreciação de todas as nuances da bebida.

6. Cafeteira de vácuo

Esse método consiste em balão de vidro que se enche, até o meio, de água. O pó de café é colocado no balão superior. O conjunto fica sobre uma lamparina com álcool ou na boca do fogão e, quando a água está prestes a ferver, retira-se o recipiente do calor. O café começa a entrar no balão inferior, através de um sifão existente entre os dois, e mistura-se com a água.

7. Aeropress

A aeropress é composta por dois dispositivos de plástico, um êmbolo de borracha central e uma peça que acomoda um filtro de papel especial. Com o filtro especial em sua base, apoie um dos cilindros em uma xícara e coloque o pó do café e a água dentro dele. Após mexer por alguns segundos, posicione o outro cilindro vazio no topo e pressione-o para baixo, fazendo pressão no café para extraí-lo.

A principal diferença entre espresso e Aeropress é que a máquina de espresso usa a pressão da água, enquanto que a Aeropress usa a pressão  do ar que fica retido.

Avalie:

Comente:

Quanto tempo você levou para preparar esta receita?

:

Você achou: