Caruru da Bahia, o único e verdadeiro

Publicada em: 24/06/2021 18:07

O Caruru baiano é essa receita típica e muito saborosa que merece um grande destaque por tudo que representa, e hoje você aprende o passo a passo para fazer essa delícia.

Boa leitura.

Carurú da Bahia

Origem africana e baiana do caruru

O caruru é um prato de origem africana que chegou ao Brasil com os escravos que desembarcavam por aqui e rapidamente foi incorporada na nossa cultura, sofrendo com o sincretismo e sendo adaptada de várias formas.

Também especula-se que os índios nativos aqui do país já faziam um preparo semelhante ao caruru africano, porém com uso da taioba e outras plantas, mas no fim das contas as raízes africanas do prato são as que perduram até hoje.

O estado da Bahia é onde se tem uma das maiores comunidades afrodescendentes do Brasil, por isso, o caruru por lá faz parte da culinária do dia-a-dia, então, podemos dizer que a receita é tão africana quanto baiana.

E agora, vamos difundir ainda mais esse preparo, com essa receita de caruru baiano que você vaipreparar em casa:

Ingredientes

  • Quiabo 1 quilo
  • Cebola 1 unidade
  • Alho 2 dentes
  • Gengibre a gosto
  • Camarão seco 1/2 quilo<
  • Castanha-de-Caju 200 gramas
  • Azeite de dendê 1 xícara (chá)
  • Suco de Limão a gosto
  • Água a gosto

Como fazer caruru

  1. Coloque o azeite de dendê para aquecer numa panela e refogue a cebola e o alho
  2. Em seguida, acrescente o gengibre ralado
  3. Junte o quiabo e deixe refogar
  4. Adicione o camarão seco, as castanhas e deixe cozinhar mais um pouco
  5. Coloque água quente que dê para cobrir
  6. Durante o cozimento, teste a baba do quiabo e junte, aos poucos, colheradas do suco de limão
  7. Deixe cozinhar até que as sementes fiquem rosadas.

Quanto mais encorpado seu caruru, mais sabor ele terá, então capriche nos temperos para ter a receita típica e viajar para Bahia sem sair de casa.

A culinária baiana e nordestina como um todo é cheia de receitas típicas que são um espetáculo. Além do caruru, separamos mais 4 para você ter um pedacinho do nordeste nas suas refeições.

As riquezas da culinária nordestina

Um polo cultural absurdo é o nordeste.

Na literatura, na música e na culinária, o povo nordestino parece ter uma habilidade e uma criatividade contagiante para criar, e são tantas delícias que vem daquela região que foi difícil separar apenas três.

O caruru baiano é uma delas, mas ainda tem mais três pratos incríveis para você fazer um tour gastronômico pelos estados nordestinos, confira:

Moqueca

Para os entusiastas de peixes e frutos do mar, a moqueca tem que fazer parte do repertório de receitas.

A moqueca não tem uma origem bem definida, mas na Bahia, Espírito Santo e Piauí é onde ela ganhou suas variações, todas deliciosas.

Separamos a receita mais básica para você fazer em casa, e quem sabe até dar um toque especial.

Consultar a receita

Mungunzá

Mungunzá

Assim como o caruru, o mungunzá tem origem africana com toda a adaptação brasileira que agrega ainda mais sabor.

Este prato feito de milho é uma delícia e combina bem com outros alimentos.

Ainda tem versões doces e salgadas do preparo, mostrando-se ainda um prato bem versátil para se ter no repertório.

Consultar a receita

Sururu

Última parada no lindo estado de Alagoas para falar do caldo de sururu.

O sururu é um tipo de molusco muito saboroso que quando cozido gera um caldo espesso, que bem temperado é de comer rezando.

Esta receita é a mais tradicional consumida pelos alagoanos, e o ideal é caprichar bem nos temperos para realçar todo o sabor desse delicioso ingrediente.

Experimente fazer em casa.

Consultar a receita

Seja caruru, mungunzá ou sururu, o fato é que o nordeste tem pratos incríveis que nem daria para listar tudo aqui. 

Às vezes nos limitamos na cozinha por não abrir nossas mentes para tantas possibilidades que existem, e aqui no CyberCook trabalhamos para oferecer opções descomplicadas para cada vez mais você ampliar seus horizontes culinários.

Prepare este caruru baiano em casa e depois mande para gente, ficamos felizes em colaborar com seus avanços e descobertas na cozinha.

Bom apetite.

Avalie:

Comente:

Quanto tempo você levou para preparar esta receita?

:

Você achou: