Riquezas da Amazônia: conheça 5 alimentos que você só encontra lá!

O Brasil atingiu em 2019, o seu pior ano de queimadas no território amazônico. Segundo a Nasa e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), desde 2010, este é pior momento para a Amazônia, com perdas imensuráveis tanto de flora como de fauna.

Essa situação pode nos parecer meio distante, mas a cada queimada que ocorre na região, afeta o país como um todo. A Amazônia é uma região rica em vida, conhecida internacionalmente por sua diversificada fauna e flora, sendo que muitas delas só existem nessa área. As comidas típicas da Amazônia, que nem todo mundo já teve o prazer de provar, como o tacacá, tucupi, o tambaqui ou até os mais conhecidos como guaraná e açaí, todos estão com sua produção em risco. 

Por isso, o CyberCook separou um momento para fazer um recorte na situação e mostrar alguns alimentos originários e da culinária amazônica que você precisa conhecer:

Tucumã - Uma frutinha amarela, originária de uma palmeira amazônica, o Tucumã é muito utilizado na culinária da região norte, acompanhando o arroz ou como sanduíche, e possui diversos benefícios. Rica em vitamina A, vitamina B e vitamina C, o tucumã possui também alto valor energético. Mas não é somente a fruta que é utilizada! Os indígenas usam as folhas da palmeira para fazer redes de pesca ou redes para dormir e cordas para seus arcos, e ainda aproveitam a madeira e o óleo polpa para usar nos cabelos e corpo. 

tucuma/cybercook

Cupuaçu - Rico em antioxidantes, o Cupuaçu já foi apelidado de “fonte da juventude”. A fruta não faz nada de milagroso, mas possui benefícios que melhoram sim a saúde e evitam o envelhecimento precoce. Repleta de fibras, faz muito bem para o trato intestinal, regulando o intestino e dando sensação de saciedade. 

cupuaçu/ybercook

Pupunha - Ao contrário dos outros tipos de palmito, o pupunha é mais doce e possui uma cor mais amarelada, além de não possuir espinhos no seu tronco. O palmito não precisa de sol direto e gosta de áreas com clima quente e úmido. Sobre seus benefícios, eles ainda estão sendo estudados (são muitos!), mas podemos afirmar que é um ótimo fruto para a saúde cardíaca, para fortalecer a imunidade e ser uma excelente fonte de energia.

pupunha/cybercook

Pirarucu - Um dos maiores peixes de água doce e da bacia amazônica, o Pirarucu acompanha diversos pratos famosos da Amazônia. A família do Pirarucu existe há mais de 100 milhões de anos e por mais que sejam animais resistentes às mudanças do meio ambiente, eles sofrem na mão dos pescadores, que burlam leis fazendo a pesca predatória e tornando o pirarucu um animal que corre risco de extinção. Infelizmente a reprodução natural do peixe não é suficiente para repor a quantidade deles pescados, mas ações estão sendo feitas para que a extinção não ocorra de fato. 

pirarucu/cybercook

Pacu - Esse outro peixe é da mesma família que um outro famoso da Amazônia, o Tambaqui. Ambos são muito estudadas aqui no Brasil e por possuírem uma carne muito saborosa, são muito apreciados e usados na culinária regional. O Pacu é um peixe dócil e é fácil encontrá-lo em pesque-pagues, mas seu habitat natural (pantanal matogressense, rios amazônicos e bacia do Prata) já está ameaçado, por conta da poluição, pesca predatória, desmatamentos, aterros etc.

pacu/cybercook

Esses são só alguns exemplos de espécies únicas da Amazônia e que correm perigo devido ao avanço desenfreado do desmatamento. É preciso estar atento para que não percamos nossas maiores riquezas.