6 coisas que percebi ao virar vegetariana

Há mais ou menos sete meses me tornei vegetariana. Sempre tive vontade, admirava aqueles que defendiam os direitos dos animais, um pensamento mais sustentável etc. Mas só de pensar em receitas mirabolantes e em não achar nada que pudesse comer, já ficava desanimada. Até que, depois de ter aderido ao vegetarianismo meio que no susto, percebi que na verdade era tudo muito mais simples! Então, decidi fazer uma lista de dicas, conselhos e avisos que gostaria que tivessem me dado logo de cara.

Economia na marmita

Pela carne ser um ingrediente mais caro e geralmente mais demorado para se preparar, com o tempo percebi que é bem mais rápido refogar alguns legumes e fazer um arroz rapidinho pra ter uma marmita prática e que vai dar conta de me alimentar.

Protagonismo dos legumes e vegetais

Por muito tempo acreditava no mito de que o prato PRECISAVA ter a tal da “mistura”, caso contrário não era uma refeição. Hoje vejo que os vegetais permitem que você os prepare de diversas formas e com vários temperos diferentes. Assim, passei a realmente sentir o sabor da comida, não dando atenção só para a carne.

Criatividade na cozinha

De uns tempos para cá, percebi que estou ousando mais nos temperos e usando mais a criatividade na hora de preparar as refeições, o que é ótimo para variar a alimentação e descobrir novos ingredientes.

Melhora no sono

Cheguei até a perguntar para alguns amigos veganos e vegetarianos se eles sentiam-se mais “leves” depois de terem parado de comer carne: todos confirmaram a minha suspeita! Hoje tenho menos problemas de digestão, consigo dormir mais facilmente e me sinto menos cansada ao longo do dia.

Substituição do ferro

Meus pais sempre se preocuparam com a famosa deficiência de ferro, mas na verdade é um nutriente bem mais fácil de substituir do que parece! Ele está presente em folhas verde escuras, feijão, frutas secas, entre outros alimentos super gostosos!

Prato mais “bonito”

Por muito tempo ligava apenas para a presença da carne no prato, mas depois do vegetarianismo, além de estar com uma dieta bem mais variada, meus pratos tornaram-se mais coloridos e visualmente atrativos (o que é cientificamente provado por aumentar o apetite).

Por esses e muitos outros motivos acredito que vegetarianismo é uma ótima opção para todos. Seja para quem quer uma alimentação mais saudável, para quem quer variar o cardápio, aprender novas técnicas de cozinha, defender os animais ou simplesmente querer ter uma vida mais leve e equilibrada.

Por Fernanda Figueredo, colaboradora e nova no vegetarianismo