Cozinha sustentável: como minimizar o desperdício de alimentos

Você já reparou na quantidade de alimentos que são desperdiçados por dia, semana ou mês na sua casa? É um pouco de arroz que ficou na geladeira esquecido, umas folhas de alface que não foram consumidas, carnes que você esqueceu de congelar e teve que jogar fora... Se formos parar para pensar, esses "pouquinhos" de comidas que vamos nos desfazendo acabam gerando muito lixo e muito gasto a longo prazo.

Uma pesquisa feita em 2018 pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) junto com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) analisou que o desperdício de alimentos de uma família brasileira composta por três pessoas em um ano pode ultrapassar R$ 1.002,00, valor superior ao salário mínimo nacional.

Os produtos mais desperdiçados são arroz, carne bovina, feijão, frango e leite. O arroz e o feijão, inclusive, são dois dos principais ingredientes de um cardápio considerado ideal para suprir as necessidades de nutrientes do organismo.

"Renda e idade não explicam a diferença entre os que desperdiçam mais e os que desperdiçam menos alimentos, mas percebemos que as classes A e B têm maior tendência a desperdiçar hortaliças, até porque as classes de menor renda consomem pouco esse tipo de produto", diz Gustavo Porpino, líder do projeto.

É claro que também existe desperdício no caminho que o alimento faz até sua mesa. O transporte sem cuidado, o armazenamento inadequado, por falta de refrigeração e conservação, o descarte de itens que ainda podiam ser consumidos e o consumo excessivo também influenciam no desperdício do país, mas, aqui, o foco é na sua casa.

Os dados coletados também mostram que, por trás do desperdício, existem fatores comportamentais, como o medo de faltar comida em casa. 68% das pessoas que responderam à pesquisa afirmaram que sentem necessidade de fazer compras em grande quantidade para manter a despensa sempre cheia. Delas, 52% acham importante o excesso. Mais de 77% admitiram a preferência por ter sempre comida fresca à mesa, o que leva 56% delas a cozinhar em casa duas ou mais vezes por dia, contribuindo com a preservação da ideia de que "é sempre melhor sobrar do que faltar".

Como evitar o desperdício na sua cozinha

Como a mudança começa por nós e de maneira pequena, que tal tomar algumas medidas para que você e sua família desperdiçem menos comida? O meio ambiente e seu bolso agradecem.

1. Planeje suas refeições

Você não precisa saber o que vai comer em cada refeição da sua semana antes de ir ao mercado, mas é interessante saber quantas pessoas da sua família farão quais refeições em casa para que você compre uma quantidade mais próxima da realidade.

Veja quais alimentos estão na promoção para aproveitar o preço baixo e organize-se para poder armazená-los da melhor maneira para que durem mais.

2. Aproveite TU-DO dos alimentos

Talos, cascas, sementes, folhas... Entre no site do CyberCook e conheça receitas fáceis para poder aproveitar todas as partes dos alimentos. Veja algumas opções abaixo:

Bolo de laranja com casca

A casca vai deixar o seu bolo com um sabor mais acentuado. Delícia!

Petisco de semente de abóbora

Nada de jogar as sementes fora! Torre-as com sal e tenha um delicioso petisco no ato.

Pesto de folhas de cenoura

É muito legal saber o que podemos fazer com os ingredientes que íamos jogar fora, né? Veja que demais a receita abaixo!

3. Use as sobras

Fez uma receita e sobraram alguns ingredientes? Aproveite para criar algo novo com eles! O CyberCook criou uma função na assinatura premium chamada "aproveite o que sobrou", que pega todos os ingredientes citados na receita feita por você e, em forma de lista, permite que você selecione os que sobraram. Uma vez feito isso, o site te mostra diversas opções de receitas para você usar aqueles ingredientes e evitar desperdícios na cozinha. Demais, né?

4. Alimentos com defeitos ainda podem estar bons

Muitas pessoas têm o costume de jogar fora aqueles alimentos que estão com um ou uns pedaços pretos, mas aquilo não indica que o alimento está podre ou impróprio para consumo. Corte aquela parte específica e, se a comida ainda estiver boa, aproveite!

5. Fique de olho nos alimentos

Fique de olhos nos alimentos da sua casa e organize suas refeições de acordo com os que estão mais perto do "vencimento". Caso não queira comer algo específico, congele-o para poder aproveitar a delícia um outro dia.

Em um mundo onde cerca de 800 milhões de pessoas sofrem com a falta de comida, evitar o desperdício de alimentos pode ser um desafio, mas é algo vital tanto para seu dinheiro quanto para o meio ambiente. Começe com a mudança dentro da sua casa e deixe o CyberCook te ajudar!