Cacau em pó, chocolate em pó e achocolatado: veja as diferenças

Conteúdo patrocinado por Carrefour

Apesar de parecem semelhantes e poderem substituir uns aos outros em certas receitas, o cacau, o chocolate e achocolatado em pó são bem diferentes no quesito sabor, além de variarem em relação à composição e ao preço. Para começarmos a explicar as diferenças entre esses 3 ingredientes para que você compre o melhor, vamos analisar as características básicas de cada um, ou seja, a quantidade cacau, açúcares e conservantes que têm.

O cacau em pó, como o nome já indica, é 100% cacau e não contém açúcar, o que faz com que seu sabor seja mais acentuado. O chocolate em pó possui de 32 a 50% de cacau e tem açúcares e aromatizantes. O achocolatado, por sua vez, tem cerca de 20% de cacau + açúcar, aromatizantes e conservantes.

Cacau em pó

Por ser 100% cacau, este produto não é doce e possui um sabor mais forte e marcante, causando até mesmo um certo estranhamento em quem está acostumado a consumir chocolates que já possuem açúcar. Mais saudável que os demais, ele pode ser usado em receitas diversas, como bolos e tortas, mas, dependendo do prato, recomenda-se colocar um pouco mais do adoçante de sua escolha para que o sabor fique mais prazeroso.

Dentro do cacau do cacau 100%, é possível encontrar duas variações: o natural e o alcalino. Oi?

O cacau natural é naturalmente ácido, ou seja, é mais amargo, tem coloração mais clara e precisará de uma base para reagir e produzir dióxido de carbono, que são aquelas bolhas de ar que fazem com que a massa do bolo, por exemplo, fique mais fofa -- alô, aulas de química!

O cacau alcalino, no entanto, passa por um processo de alcalinização, que tira sua acidez, deixando-o com um sabor mais suave e coloração mais forte, fatores que fazem com que seja preferido por muitos cozinheiros. Além disso, por absorver líquidos mais rapidamente, ele se mistura mais facilmente com outros ingredientes.

Como usar cada um?

Se você tiver o cacau natural na sua casa e quiser usá-lo para fazer um bolo, o recomendado é combiná-lo com bicarbonato de sódio, que é um elemento alcalino comum nas cozinhas. Já o cacau alcalino deve ser combinado com fermento em pó, que é um ácido.

A regra aqui é você combinar um elemento ácido com um alcalino, mas nunca juntar ácido + ácido e nem alcalino + alcalino. Dessa maneira, o cacau natural não pode ser combinado com fermento em pó e o cacau alcalino não pode ser combinado com bicarbonato de sódio.

Receitas

Veja abaixo 3 receitas para fazer usando cacau em pó:

Bolo dois brigadeiros

Pavê de chocolate

Bolo de cenoura

Chocolate em pó

O chocolate em pó consiste em uma combinação de cacau em pó e açúcar, geralmente em proporções equivalentes (50% de cada um). Em alguns produtos, a porcentagem de cacau pode variar, chegando, no mínimo, até 32%. Existem marcas que, além do açúcar, adicionam aromatizantes, solubilizantes e outros aditivos químicos na mistura.

Para saber se aquele produto tem uma concentração boa de cacau, leia o rótulo e veja a ordem que os ingredientes aparecem. Se o cacau aparecer antes, ótimo! Se o açúcar vier antes, saiba que aquele produto se assemelha mais ao achocolatado.

Receitas

Veja abaixo 3 receitas para fazer usando chocolate em pó:

Bolo de chocolate molhadinho

Brigadeirão

Mousse de chocolate em pó

Achocolatado em pó

O achocolatado em pó tem baixa concentração de cacau (cerca de 20%), mas uma alta concentração de açúcar, que chega a 90% da composição em alguns produtos, o que faz com que seja o menos recomendado para consumo. Esse ingrediente ultraprocessado também altera a coloração e o sabor das receitas.

Aditivos químicos, como aromatizantes, espessantes e conservantes também fazem parte dessa mistura de chocolate.

Receitas

Veja abaixo 3 receitas para fazer usando achocolatado em pó:

Amendoim doce com achocolatado

Pavê de achocolatado

Bolo de banana com achocolatado

E aí, gostou de descobrir as diferenças entre esses 3 ingredientes? Compartilhe com seus amigos!