Como Fazer Bacalhau, o guia definitivo

Publicada em: 24/02/2021 12:42

A estrela da páscoa, além do chocolate, com certeza é o bacalhau. Até porque, muita gente só come esse prato nessa época do ano e depois parece que ele some para ressurgir só no ano seguinte. 

Por isso trouxemos esse conteúdo para você preparar seu próprio bacalhau, que apesar de ser uma tradição da Páscoa, ele pode e deve ser consumido mais vezes durante o ano, afinal é uma delícia quando bem feito e bem temperado, além de ser muito saudável pois possui bem pouca gordura..

Confira até o fim para as nossas tradicionais dicas especiais.

Boa leitura.

Dessalgando o peixe

O bacalhau é famoso por ser um peixe muito salgado (tendo praticamente uma crosta de sal sobre a carne) e já comentamos aqui no blog sobre a origem desse preparo, desde a era dos vikings, que usavam esse processo de salgar e secar para poder conservar o peixe para longas viagens.

Esse método deu muito certo e propiciou que o bacalhau pudesse ser exportado da Noruega para o mundo, já que normalmente o peixe é uma carne delicada e altamente perecível. 

Até hoje o Brasil importa muito bacalhau pois já se tornou algo tradicional na nossa culinária, seja para aquele bolinho recheado no boteco da esquina ou até para o almoção de páscoa diferenciado.

Agora, em meio a uma pandemia, muita gente opta por preparar em casa e às vezes desiste por conta do trabalho de ter que dessalgar o peixe, mas calma, o CyberCook tá aqui para desmistificar e simplificar a cozinha para que você possa fazer um bacalhau muito suculento e saboroso, ao estilo tradicional português, e tudo isso começa no processo para tirar um pouco do sal.

De antemão já deixamos claro que este é um procedimento que vai exigir paciência e antecedência de alguns dias, então se planeje bem para não ficar desfalcado no dia de Páscoa. 

Atualmente existe no mercado a opção de comprar as postas já dessalgadas, principalmente na época de Páscoa quando a demanda está lá em cima, mas acreditamos que seja interessante você ao menos conhecer o processo e tentar fazê-lo. Cozinhar é isso, se envolver e entender como dominar cada etapa de um preparo te deixa mais próximo de um resultado incrível tanto em sabor quanto em textura e até no visual, para fazer pratos de  comer com os olhos.

Como fazer bacalhau

Sem mais delongas, vamos ao processo de dessalgar

  1. Primeiro retire a pele
  2. Fatie e postas para facilitar, separando as partes mais próximas da cauda das do lombo
  3. Essa divisão é importante, pois como o lombo é mais alto, o processo é diferente da parte mais fina.
  4. As partes mais finas você pode colocar numa vasilha com bastante água e leve a geladeira, trocando de 6 em 6 horas, por em média 2 dias.
  5. A parte do lombo, como é mais alta, coloque num refratário e coloque água um dedo acima da carne. O peixe irá absorver os líquidos e soltar o sal, então quando notar que o nível da água abaixou, troque-a e repita esse processo por cerca de 4 a 5 dias.

Não deixe de expriementar

Não se esqueça de ir experimentando a água para ver se o nível de sal está ficando adequado, e também para não tirar todo o sal da carne, pois a ideia é apenas diminuí-lo para que valorize o sabor e não para que fique insosso.

Dá um certo trabalho, mas é gratificante realizar o processo com as próprias mãos e preparar do zero um incrível prato de bacalhau para Páscoa ou para o ano todo.

Uma segunda técnica, um pouco menos trabalhosa, é colocar as postas numa panela, cobrir com água e colocar em fogo médio. Muita atenção pois não pode ferver, é apenas esquentar e quando notar que subiu uma espuminha, desligue o fogo e retire a água.

Esse processo descola as fibras da carne, que vai soltando lascas, que você pode lavar em água corrente e colocar novamente na panela, mas desta vez você deve cobrir com leite integral e voltar ao fogo médio. Quando começar a borbulhar, coloque a tampa, desligue o fogo e deixe descansar por 20 minutinhos.

Experimente, veja se o nível de sal está bom, se ainda estiver alto, repita o processo, mas observando sempre para não dessalgar por completo.

É um processo mais rápido, porém só funciona para utilizar o bacalhau em lascas, para uso das postas inteiras ou cubinhos, tem que fazer o dessalgue tradicional, não tem jeito.

Seja você que faça o dessalgue ou compre dessalgado, tendo o bacalhau em mãos, é hora de irmos aos próximos passos.

Sal no ponto certo, vamos ao preparo

Não existe bacalhau ruim, existe bacalhau que não foi feito direito. Essa frase vale para todos os preparos, mas em especial para esse peixe que apesar de tradicional tem muita gente que não gosta, muitas vezes por ter tido experiências ruins na infância ou adolescência.

O bacalhau não é um peixe simples de preparar e o processo de dessalgar é importantíssimo para o sabor e textura corretos, mas saber temperar é de igual importância e fazem toda diferença na hora de dar um aroma incrível que abre o apetite e realça ainda mais o paladar.

Existem várias opções de preparo, aqui no CyberCook temos mais de 2 mil receitas a sua escolha

Para te inspirar, escolhemos essa de bacalhau à portuguesa, super tradicional e relativamente bem mais simples.

Esse prato fica incrível, pois leva o bacalhau, batata, cebola, tomate e ovos cozidos, e claro, muito azeite que complementa com um sabor maravilhoso esses ingredientes todos. Cada garfada trará novas sensações ao seu paladar e vai ser difícil se controlar e não repetir várias vezes esse prato. 

Até se você não é fã de bacalhau, dê uma chance para esse preparo que vai te surpreender.

Bacalhau À Portuguesa

Bacalhau À Portuguesa

Um prato bem completo, ideal para ser a estrela do seu almoço de páscoa. Você vai precisar de boas batatas (que combinam demais com o bacalhau pois ajudam neutralizar o sal) fatiadas em rodelas de espessura média, nem tão finas nem tão grossas. Pegue alguns tomates e também fatie-os em rodelas, dessa vez maiores, para que não desmanchem. Pique cebolas no estilo julienne, bem fininhas, pois ela vai numa camada sobre as batatas, e praticamente se dissolve por completo absorvendo os sabores e fica com um adocicado delicioso. Cozinhe bem os ovos e reserve, separe também as azeitonas pretas que dão o toque especial a esse prato.

Ingredientes preparados, agora é pegar um bom refratário para colocar tudo.

Cubra bem o fundo com azeite de qualidade pois faz uma baita diferença no sabor. Corte as postas do bacalhau em cubos e coloque com a pele para baixo, pois em contato com o azeite durante a cocção vai liberar um sabor especial e ficar com aquela casquinha crocante bem saborosa. 

Por cima, adicione uma camada da batata e da cebola, é importante que ambas estejam fininhas porque praticamente vão se misturar e isso vai trazer um caramelizado para as batatas que harmoniza bem demais com salgado do bacalhau. Se quiser pode temperar com uma pitadinha de sal, mas não muito pois o peixe já tem bastante.

Após essa camada vai uma camada de brócolis, mas que é opcional, nós recomendamos pois dá um equilíbrio e um frescor magnífico a esse preparo. Coloque os tomates, deixando espaço para os ovos, que você deve fatiar em rodelas e colocar entre os tomates para decorar, juntamente com as azeitonas pretas. Nessa hora é tempero a gosto, salsinha vai muito bem, mas fique à vontade para experimentar.

Regue com bastante azeite para ajudar a dourar tudo, cubra com papel alumínio e aí é forno pré aquecido a 180 graus por mais ou menos 15 minutos. Se quiser pode tirar o papel alumínio e deixar mais uns minutos para ficar bem douradinho.

E está pronto seu bacalhau à portuguesa para dominar o almoço de páscoa. Como sempre a receita em detalhes com a quantidade você confere clicando aqui, pois essas dicas servem para te guiar e inspirar durante o preparo.

Essa receita fica muito saborosa, o bacalhau absorve bem os temperos e a batata com o gostinho do caramelizado da cebola traz uma textura incrível, quase que de purê. A cada garfada vai ser uma explosão no seu paladar.

Faça essa receita de bacalhau e tenha uma Páscoa tradicional, mas temos certeza que esse preparo vai despertar o desejo de comer o ano todo, de tão delicioso que é.

Bon appetit!

Avalie:

Comente:

Quanto tempo você levou para preparar esta receita?

:

Você achou: