CyberCook
Minhas Recompensas Carrefour

Início

Receitas

Peixes e Frutos do Mar

Moqueca capixaba

Moqueca capixaba

diet
sem glúten
sem lactose
(0) Avaliar receita

Preparo

2h5

Calorias*

1,070,93kcal

Porções

11

Por porção

R$10,28

Seja para aprender algo novo ou para ajeitar aquele tempero que sempre acaba ficando mais forte, as receitas do CyberCook, como Moqueca capixaba, são testadas e aprovadas por todos que tiveram o mesmo interesse que você: a cozinha do dia-a-dia! Confira todas as dicas e detalhes dessa receita de Moqueca capixaba que é uma delícia e simples de ser feita! Divirta-se, delicie-se e aprenda sempre mais!

Ingredientes

icone panela

Como Fazer

  • 1. Coloque numa tigela o alho, junte o suco de limão e o sal. Misture e tempere o peixe. Unte uma panela de barro, com capacidade para 3 litros, com a metade do azeite de oliva. Se preferir, use uma panela de ferro ou de pedra. Disponha as postas de peixe e deixe tomar gosto. Enquanto isso, descasque a cebola e corte-a em pedaços pequenos. Lave os tomates e corte-os em pedaços pequenos. Distribua-os sobre o peixe, salpique a salsinha e o coentro e regue com o azeite restante. Tampe a panela e leve ao fogo por 15 minutos, ou até ferver. Despeje sobre a moqueca a tinta de urucum misturada com o sal e cozinhe por mais 30 minutos, ou até o peixe ficar macio. Durante o cozimento, dê umas mexidas na panela, sacudindo-a para o peixe não grudar, mas não mexa com colher. Retire do fogo e sirva na própria panela com arroz branco e molho de pimenta vermelha. Tinta de Urucum: coloque numa panela 2 xícaras (chá) de azeite de oliva e 1/2 xícara (chá) de sementes de urucum. Leve ao fogo por 5 minutos, ou até o azeite ficar bem vermelho, mas tome cuidado para o azeite não fritar. Se aquecer demais, retire do fogo, aguarde um pouco e volte. Retire do fogo. Deixe esfriar e guarde a preparação num vidro esterelizado, com capacidade para 1/2 litro. (Rende 47 colheres de sopa de 10 g.)

CLIQUE AQUI

Aproveite o que sobrou da receita

Dicas

Na moqueca capixaba (palavra tupi que significa terra boa para a lavoura), o azeite-de-dendê e o leite de coco são substituídos por azeite de oliva e urucum, um corante natural usado pelos índios para pintar o corpo. A influência indígena é marcante na culinária do Espírito Santo, não só pelo uso do urucum, como também por outros alimentos nativos, como a farinha de mandioca e a banana-da-terra Fonte: Revista Água na Boca

por Ricardo José Krupinsk

Avalie esta receita

Recomendamos pra você

COMENTÁRIOS