CyberCook
Comer em CasaMercado online

Início

Receitas

Aves

Pato do Imperador

Pato do Imperador

sem glúten
sem lactose
(2)
Pato do Imperador

Por CyberCook

Preparo

1h39

Ver informações nutricionais

Seja para aprender algo novo ou para ajeitar aquele tempero que sempre acaba ficando mais forte, as receitas do CyberCook, como Pato do imperador, são testadas e aprovadas por todos que tiveram o mesmo interesse que você: a cozinha do dia-a-dia! Confira todas as dicas e detalhes dessa receita de Pato do imperador que é uma delícia e simples de ser feita! Divirta-se, delicie-se e aprenda sempre mais!

porções:10

Ingredientes

Marinada

Compre os ingredientes no

Logo Carrefour
icone panela

Como Fazer

  • 1.Asse os peitos cobertos com papel aluminío, em forno médio, por aproximadamente 20 minutos.

  • 2.Em uma panela coloque para ferver o tucupi com a pimenta de cheiro, os dentes de alho, alfavaca, chicória e sal a gosto.

  • 3.Em 2/3 do tucupi já temperado e ferver os peitos de pato já assados até ficar bem macio.

  • 4.Desfiar os peitos já macios e reserve. Pegue o jambú, separe as folhas com os talos mais tenros, lave em água corrente.

  • 5.Em panela com água fervente e sal a gosto escaldar levemente o jambú. Escorre 3/4 do jambú e com a ponta da faca pique, o restante conserve em um pouco da água do cozimento. Faça o arroz puxado com a parte do tucupi em que foi fervido o pato.

  • 6.Com o arroz já pronto, misture o pato desfiado e o jambu picado.

  • 7.Em um prato de 30 cm. Coloque a folha de acelga e dentro dela o arroz já pronto e misturado com o pato desfiado e o jambu picado, decore com as folhas de jambú que não foram picadas e regue com o tucupi que não foi usado para amaciar os patos, coloque duas mini cuias: uma com farinha d’água de mandioca e outra com tucupi, em um lado do prato colocar tiras de pimentão verde e amarelo, no outro lado uma rodela de tomate bem vermelho.

icone panela

Marinada

  • 1.Lave os peitos de pato em água corrente.

  • 2.Em um recipiente prepare o vinha-d'alho (marinada) com o suco do limão, as cabeças de alho socadas, o vinho branco, a pimenta de cheiro, sal e água a gosto.

  • 3.Tempere os peitos no vinha-d'alho e deixa descansar de um dia para o outro na geladeira.

Dicas

Dica:ALFAVACA - Tempero amazônico que lembra o manjericão. CHICÓRIA - Tempero verde típico da Amazônia, é usado no preparo de pratos regionais. Não confundir com o legume CHICÓRIA existente no sul do Brasil. PIMENTA DE CHEIRO - Pimenta de cor amarela muito cheirosa sem entretanto queima muito, é usada no Pará para fazer molho de pimenta ao tucupi. É planta regional da Amazônia e é autentica marca registrada da cozinha paraense. FARINHA D'ÁGUA DE MANDIOCA - Farinha de mandioca feita com a mandioca que fica de molho no rio. É mais hidratada que as farinhas secas feitas no resto do Brasil. JAMBÚ - Erva de largo uso no Pará, onde entra na composição de vários pratos típicos. Ao ser mastigada, provoca um leve tremor e amortecimento nos lábios e língua. Talvez por isso, muitos o apontem como afrodisíaco.

Avalie esta receita

Recomendamos pra você

COMENTÁRIOS

Lorena Kaiowá

23/10/2012

Prato nobre da culinária paraense! Fineza!

MÔNICA

08/10/2009

Amei, esta receita fica maravilhosa! Típico sabor Paraense, perfeito para o almoço do fim de semana. Mônica