Enviar fotos

Atenção: Imagens retiradas da internet possuem direitos autorais e estarão sujeitas a remoção caso seja comprovada a devida autoria. Dúvidas? Consulte nossos termos de uso.

Supremo de Galinha d'Angola Assada e Coxas Braseadas com Castanhas Portuguesas

sem glúten·

Por Rolland Villard

Obs.: esta receita pode ser realizada com frango ou pato

Porções

14

Peso

287,29 g*

Preparo

1h58

Ingredientes

Como Fazer

  1. 1.
    Separar as coxas dos supremos sem reitrar os ossos dos peitos, o que permitirá que os filés se mantenham suculento durante o cozimento.
  2. 2.
    Desossar as coxas e cortá-las em cubos de 2cm.
  3. 3.
    Grelhar em óleo de milho, adicionar os legumes e o bacon cortados em cubos pequenos.
  4. 4.
    Derramar o vinho tinto e o cognac e reduzir à metade.
  5. 5.
    Cobrir com caldo de frango e adicionar o bouquet garni.
  6. 6.
    Deixar cozinhar em fogo baixo por uma hora em uma panela.
  7. 7.
    À metade do cozimento, adicionar a acelga cortada em juliana e brangida, e incorporar as castanhas descascadas.
  8. 8.
    Ao final do cozimento, finalizar o tempero com sal e pimenta.
  9. 9.
    Retirar o bouquet garni.
  10. 10.
    Durante o cozimento das coxas, preparar a guarnição de pêras cozidas no xarope, cortadas em quatro e em seguida caramelizadas na manteiga com um pouco de açúcar.
  11. 11.
    Cozinhar ervilhas frescas.
  12. 12.
    Grelhar os peitos sobre a pele e terminar o cozimento no forno a 220°C por 15 minutos.
  13. 13.
    Finalização: desossar os peitos ainda quentes, cortá-los em lascas e distribuí-los em quatro pratos.
  14. 14.
    Colocar as pêras quentes e as ervilhas frescas.
  15. 15.
    Levar as coxas à mesa na caçarola fumegante e servir os convivas diretamente nos pratos montados.
João Sena
por   João Sena

Supremo de Galinha d'Angola Assada e Coxas Braseadas com Castanhas Portuguesas