5 dicas para um peito de frango suculento

Publicada em: 31/03/2020 14:00

Sabemos que grelhar ou assar o frango com pele e ossos, ajuda a manter a maciez da carne. Mas quando o assunto é fazer um peito de frango suculento desossado e sem pele, um conjunto de problemas se apresenta, principalmente pela facilidade da carne passar do ponto e se tornar extremamente seca.

Por outro lado, quando um peito de frango é preparado corretamente atingindo aquela textura suculenta e macia, ele acaba sendo a parte mais disputada na mesa.

Confira as dicas que o CyberCook preparou para te ajudar a fazer um peito de frango suculento.

1. Maior nem sempre é melhor

Os frangos de hoje não são criados como antigamente. As criação de aves, que na grande maioria são geneticamente modificadas, desenvolvem frangos que são duas a três vezes maiores do que os que eram consumidos antigamente.

2. O formato é tão importante quanto a temperatura da grelha

O peito de frango afunila nas extremidades. É importante manter a espessura mais uniforme possível. De um jeito ou outro as pontas vão ficar mais cozidas do que o centro do peito, ou você pode optar por acertar o ponto nas extremidades e ter o meio mais rosado e num ponto para menos, a escolha é sua.

Peito de frango/CyberCook

3. Procure comprar a peça inteira

Prefira comprar o peito inteiro, assim você se assegura de que ambos os lados estão do mesmo tamanho. É importante lembrar que, as vezes, no tecido que une os dois lados do peito, há um pedaço de cartilagem que precisa ser removida. Corte ao longo da linha central de gordura para retirá-lo.

4. Escolha seu utensílio de destruição

Qualquer utensílio pode funcionar bem, basta saber usar. Prefira o lado liso do cutelo porque é pesado e você consegue amaciar a carne por inteiro de uma só vez. Se você usar o martelo, você vai ter que começar no meio e trabalhar seu caminho até as pontas, para conseguir um peito uniforme. A panela é o último recurso, mas de qualquer forma ela faz o serviço.

Frango/CyberCook

5. Mantenha a grelha quente, mas não muito quente

O ideal que é que a grelha esteja quente, mas nem tanto. Deve estar no ponto para que caramelize levemente o frango, mas sem queimar. Tome cuidado pois frango pode ficar seco rapidamente, se a grelha estiver muito quente, tornando a carne dura e desagradável para mastigar.

Gostou das dicas? O CyberCook separou 3 receitas com frango para você colocar as dicas em prática.

Peito de frango grelhado na mostarda

Peito de frango na mostarda/CyberCook

Peito de frango cremoso

Peito de frango cremoso/CyberCook

Filé de frango grelhado

Filé de frango grelhado/CyberCook

Avalie:

Comente:

Quanto tempo você levou para preparar esta receita?

:

Você achou: