Apresentamos a infalível receita de bacalhau à portuguesa

Publicada em: 27/02/2021 10:33

Já está na hora de você dominar a arte centenária (literalmente) da bacalhoada à portuguesa, e para não ter erro, trouxemos essa receita bem detalhada com passo a passo simplificado e aquelas dicas especiais que elevam o nível do seu prato.

Você pode aproveitar para fazer na páscoa, dia das mães, dia dos pais, ou qualquer outra data, afinal, esse prato é espetacular em qualquer ocasião.

Confira até o final e boa leitura.

Bacalhau à Portuguesa

Importância de hidratar o peixe

O processo de dessalgar o bacalhau tende a deixá-lo com a textura um pouco seca, então mesmo se você comprar dessalgado ou resolver fazer o processo em casa, antes de utilizá-lo nessa receita é ideal reidratar. 

Para essa bacalhoada à portuguesa, a técnica é hidratar com leite morno e deixar o peixe imerso por cerca de 20 minutos. É importante que o leite fique morno e não ferva, o que pode acabar com a estrutura da carne. Esse importante procedimento é o que deixa a receita com uma suculência incrível.

Este é o primeiro passo da receita considerando que seu bacalhau já esteja dessalgado, caso precise fazer o processo em casa, são necessárias 24 horas de antecedência para ter tempo de retirar todo o sal como já mencionamos aqui em outros posts. Aqui nós indicamos comprar dessalgado pelo tempo economizado e por mesmo assim não perder nada em sabor.

Sobre isso, sabemos que o bacalhau é um peixe um pouco mais caro, principalmente nessa época de alta procura, então temos também a opção da falsa bacalhoada, cuja a base de acompanhamentos e temperos é a mesma, mas o peixe em si pode ser tilápia ou outro de sua preferência. Dê uma conferida para ter como opção no seu cardápio.

Outras receitas para você!

Além dessas, confira outras receitas especiais de bacalhau que separamos para você:

Harmonização com legumes e especiarias

Para essa receita usamos os principais legumes que mais combinam com o bacalhau, porém você pode usar a criatividade para testar novas combinações.

Por exemplo, o brócolis dá um diferencial incrível a esse preparo, agregando sabor e uma textura incrível. Você também pode experimentar usar couve flor, abobrinha ou outros legumes e ver quais valorizam mais esse prato. 

O pimentão também é muito bem vindo, independente da sua cor, já que traz mais frescor e sabor característico para essa bacalhoada. Uma dica boa aqui é retirar a parte branca, que é o que dá o amargor. Além de um colorido para receita, também são deliciosos. 

Corte as cebolas bem fininhas, ao modo julienne, pois elas praticamente somem e se misturam às batatas, criando uma crosta caramelizada sensacional.

Use à vontade ervas e especiarias seguindo suas preferências. Salsinha, cebolinha, alecrim, manjericão e afins trazem um aroma maravilhoso que vai tomar conta da sua cozinha, experimente.

Faça as camadas até encher sua travessa, dependendo do tamanho você terá até 3 camadas de cada ingrediente, em todo caso, na última camada é que você decora com as azeitonas, às rodelas de tomate e o ovo cozido, terminando com o azeite extra virgem que pode, e deve, ser generoso. Aí, é só cobrir com papel alumínio e colocar no forno pré aquecido.

Há quem prefira colocar os ovos e o tomate depois de tirar do forno, para diminuir a água, mas isso é opcional. Se quiser ir além pode até colocar queijo ralado depois de tirar o papel alumínio e colocar mais uns 5 minutinhos só para gratinar. Experimente e deixe sua criatividade à solta.

Sirva com uma boa taça de vinho,você merece depois desse belo trabalho.

Mande para gente as fotos, boa páscoa e bon appetit!

Avalie:

Comente:

Quanto tempo você levou para preparar esta receita?

:

Você achou: